Como celebrar o aniversário de um casal de gémeos?

Há coisas que nunca pensámos ter que gerir mas que pelo facto de termos um casal de gémeos se colocam e carecem de gestão cuidada. Este ano, pelo 7.º aniversário do Daniel e da Carolina, surgiu uma problemática que nunca antes tinha surgido: Como celebrar o aniversário de um casal de gémeos, que ainda por cima nasceram em dias diferentes.

Nos 1.ºs anos fizemos um bolo único para os dois. A festa foi sempre feita num dia posterior às datas, em conjunto, com um tema que servisse para os dois. O primeiro ano foi o mais simples pois considerámos que com 1 ano não tinham ainda percepção do que era verdadeiramente celebrar o aniversário. Juntámos apenas a família próxima e apagámos as velas depois de jantar. [A foto é péssima mas não existem melhores]

A 1.ª grande festa que tiveram foi a do 2.º ano, que foi sem dúvida a que mais nos ficou na memória. Fizemos tudo a preceito, o tema foi escolhido tendo em conta o desenho animado preferido da altura, e fomos nós que produzimos tudo, desde decoração a comida. Foi uma festa que nos deu muito trabalho mas que ficou maravilhosa – podem ver tudo aqui.

Não sei se foi por termos organizado uma festa tão grande aos 2 anos, mas a festa dos 3 anos foi bem mais calma. Decidimos fazer uma coisa pequena, em nossa casa, apenas com pais, avós e padrinhos. Escolheram um tema ligado uma vez mais a desenhos animados de que gostavam na altura e assinalámos a data de forma tranquila.

Quando fizeram 4 anos tiveram 2 grandes festas: uma em Cascais, a convite de um hotel que fez uma parceria com a organizadora de eventos – que podem ver aqui; e outra no colégio, na sala onde andavam na altura, com tudo preparado por uma organizadora de eventos local que transformou por completo a sala num cenário de festa – podem ver tudo aqui. Mais uma vez, ambos os temas eram completamente unisexo, embora uma das festas tenha ficado mais feminina em particular pelas cores escolhidas.

Aos 5 anos a festa realizou-se em parceria com uma marca e a temática foi ligada à marca em si – animais. Um tema que serve para meninos e para meninas e que no caso resultou muito bem e em nenhum momento senti que não os satisfizesse – podem ver aqui.

No ano passado escolheram novamente um tema transversal aos dois e ficaram felizes com a escolha, mas pela primeira vez senti que a Carolina tinha cedido face ao irmão pois no seu íntimo preferia ter um bolo e uma festa com uma tema de menina. Em todo o caso a escolha não foi difícil e a concretização foi conseguida com sucesso – podem ver aqui.

E passadas todas estas festas em que a gestão de festa dupla para menino e menina até foi bastante pacífica, chegámos ao momento em que começámos a planear a festa dos 7 anos.

Durante alguns dias discutiram entre eles várias hipóteses de temas. Ele falou em temas masculinos, ela em temas femininos e ambos em temas unisexo. Percebemos que cada um deles estava tendencialmente a mostrar um interesse por um tema marcadamente mais adequado ao seu género. Face a isso, decidimos que tinha chegado a hora de compatibilizar temas masculinos com temas femininos. Lançámos as mãos ao trabalho e pesquisámos inspirações aqui e aqui.

Em vez de um bolo fizemos dois, em vez de uma decoração marcadamente associada ao tema tentámos jogar com cores e com pequenos apontamentos temáticos. A festa deste ano foi um jantar ao ar livre, houve muita brincadeira e na verdade mostrou-nos que podemos conseguir muito mais com muito menos trabalho. Tivemos 32 crianças felizes que brincaram ao ar livre no final de um dia de escola, que regressaram a casa cansados mas divertidos. Tivemos dois filhos radiantes que conseguiram sem qualquer dificuldade unir dois temas tão diferentes mas ao mesmo tempo tão simples de compatibilizar: Dinossauros e Unicórnios.

Como celebrar o aniversário de um casal de gémeos ? O segredo, para nós, pelo menos a partir de determinada idade, é conversar. Perguntar sobre o que gostavam, discutir pontos de vista e encontrar uma forma de ir ao encontro dos gostos e dos desejos de cada um. Afinal, não tarda nada não vão querer fazer festas de aniversário com amigos, pelo menos das que são organizadas pelos pais, por isso queremos que tenham as melhores memórias de infância destes dias em que são eles as estrelas, em que partilham com os amigos estes momentos especiais que representam o tão desejado crescimento. E a nós, pais, que não nos falte a criatividade e a energia para lhes proporcionar tudo isto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *