Investir numa sessão de fotografias em família, sim ou não?

Quando engravidei, foi um momento tão especial que decidimos investir numa sessão de fotografias em família com a minha barriga quase a rebentar. Definitivamente eram dois, definitivamente íamos ser pais depois de tanto tempo a tentar. 
Talvez nunca mais volte a ficar grávida – pelos motivos que já expliquei aqui no blog – e por isso é bom ter ficado com uma recordação tão boa e tão terna da gravidez. E ainda bem que marcámos a sessão de fotografia para essa altura, porque os gémeos nasceram prematuros e algumas semanas depois já teria sido tarde demais. 
Não me considero uma pessoa especialmente saudosista. Mas esse pensamento de que há momentos que nunca mais vão voltar a repetir, que os meus bebés já nunca mais vão ser os meus bebés e que estão a crescer a uma velocidade louca, não me larga. Vejo mais um ano lectivo a começar, mais um Natal a passar e sei que no ano seguinte já tudo estará diferente. Isso leva-me a pensar que tenho fotografias a menos, ou pelo menos poucas fotografias de qualidade. 
Gostava de ficar com cada momento gravado. É impossível, bem sei! Mas os dois mudam tão rápido, e às vezes cada um a seu ritmo, que às vezes penso que seria giro tirar-lhes uma foto todos os dias e fazer um time-lapse daqui a alguns anos. Também é impossível, bem sei! Mas fazer uma sessão de fotografias profissional, como a que fizemos quando estava grávida, começa a parecer-me uma excelente prenda de Natal para a toda a família. 
Assim em jeito de “postal de Natal” da família, que tal? Depois poderíamos comparar a nossa evolução ano após ano. Brincar com os cortes de cabelo e as roupas que usávamos em 2018 e em 2028. Mostrar-lhes como eram dois pequenos terroristas que nos envelheceram com o passar dos anos. Não sei se vamos mesmo fazer isto… mas é uma ideia. No caso de decidirmos fazer este postalzinho, é provável que procuremos um fotógrafo na Fixando, uma plataforma de que já vos falámos aqui antes e onde podem procurar fotógrafos em Lisboa, fotógrafos no Porto e em qualquer outra zona do país. Há momentos que vale a pena recordar! 

2Ver Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *